Talentos ceará; Jovem Geraldo Neto de Quixeramobim

Geraldo tem um sonho de ser palestrante e poder fazer apresentações de seus cordéis.Geraldo tem um sonho de ser palestrante e poder fazer apresentações de seus cordéis. Foto Ítalo Câmara

Os novos talentos Ceará vem rompendo as dificuldades do sertão do nordeste brasileiro. É comum encontrarmos sertanejos que saem da roça para os grandes palcos de sucesso. Neste caso vamos falar sobre personagens que ganham destaque através seja do Cordel, Forró e Política. Seja por outros talentos. A exemplo disso vemos o grande compositor e sanfoneiro Jonas Alves que, saiu do município de Piquet Carneiro, depois de ter ralado bastante. Hoje,  já compôs musicas para as maiores bandas de forró do Brasil, como aviões do forró, Cheiro de Menina e Caninana do Forró, sem falar nas duplas sertanejas como Bruno e Marrone e Gustavo Lima.

 

Interior do Ceará, distrito de Encantado, divisa do município de Quixeramobim com Senador Pompeu, a pelo menos 250 km da capital do Estado. De lá, saiu políticos de maior destaque nacional como o deputado José Guimarães e José Genuíno. Mais também saiu o jovem cordelista Geraldo neto que vem ganhando notoriedade pelos seus poemas e interpretações com a cara do sertão. O cordelista até já fez apresentações para escolas estaduais. Com a rima na “ponta da língua” ele pretende ir além do que apenas recitar poesias. Seu sonho é de em breve lançar seu primeiro livro.

Geraldo Neto, filho natural de Quixeramobim. Seus pais são agricultores Francisco Alves do Nascimento, conhecido como (Chiquinho Passarinho), e a dona de casa Maria José Nobre do Nascimento. Passou a maior parte de sua infância e adolescência na comunidade de Lagoinha que fica a 4 quilômetros do Distrito de Encantado naquele mesmo município. Foi criado no meio do gado, dos pássaros, nos banhos de açudes e nas correntezas do rio Banabuiu.

Sempre estudou na escola do Distrito de Encantado, trabalhou na agricultura junto com seu pai, depois que seu pai faleceu, e o mesmo conseguiu a maioridade foi morar no vizinho município Senador Pompeu, onde conseguiu trabalhar na fabrica de calçados. Geraldo Neto é poeta por vocação, cordelista de coração, cursa administração de empresas pela uva e micro empreendedor individual. Ele sonha em ser escritor e palestrante. Desde dos 12 anos de idade que ele compõe poema e cordéis, mais só agora que seu trabalho está sendo reconhecido, pretende aproveitar as oportunidades da vida.

UM CORDEL ESPECIAL AO BLOG

Todo repórter é arretado faz trabalho com amor,

relata fatos e histórias que a gente vivenciou,

faz da vida um cordel da profissão uma poesia,

faz o canto do passaro, faz a água na bacia,

faz a história que ficou e outra que vem no dia.

 

Faz do microfone uma caneta, do jornal um borrão,

relata história do mundo dos países e da nação,

faz valer a profissão sem ter medo de errar,

fala da coisa boa da ruim que vai chegar,

viaja na imensidão faz do seu algazar,

deita e rola com esperança e fala sem gaguejar.

 

Tira as lições da vida, faz dela modelação,

embaraça seu enredo, faz sua alma voar,

despeja sabedoria sem ter medo de errar,

canta e chora e se prende no meio da ocasião,

que com lições na vida se pode longe chegar,

faz das rosas um jardim das manchetes uma,

faz tudo e muito mais que o exercício da profissão.

Conheça nosso canal de vídeos

Comentários no Facebook

Site last updated 26/07/2017 @ 15:09; This content last updated 08/04/2016 @ 15:22


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/corre075/public_html/wp-content/plugins/push-response/pushresponse.php on line 82