Festa Literária Internacional

O antropólogo Eduardo Viveiros de Castro durante a mesa/ Foto Walter Craveiro

Temos que aprender a ser índios, diz antropólogo

Temos que aprender a ser índios, antes que seja tarde. Foi essa a principal mensagem dada pelo antropólogo Eduardo Viveiros de Castro na mesa “Tristes Trópicos”, realizada no sábado, dia 2, na Festa Literária Internacional de Paraty. Segundo o pesquisador, neste momento em que o planeta passa por uma situação de “catástrofe climática” e está sendo transformado em um “lugar irrespirável”, devemos aprender com os povos indígenas “como viver em um país sem destruí-lo, como Read more […]


Site last updated 26/07/2017 @ 15:09


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/corre075/public_html/wp-content/plugins/push-response/pushresponse.php on line 82