A grave crise do Sistema Penitenciário no Brasil e a ignorância popular

Sistema PenitenciárioPopulação carcerária brasileira aumentou 80% em números absolutos, saindo de 336.400 presos para 607.700. Foto reprodução portal vermelho.org

A tão grave crise no Sistema Penitenciário no Estado do Ceará acendeu um problema gritante nas demais penitenciárias do Brasil. O que boa parte, talvez maioria da população não sabe que é responsável, juntamente com os governos pelos sérios problemas crescentes em nossa sociedade. Em meio a uma sociedade preconceituosa, individualista e rebelde, a crise penitenciária fica sendo um dos problemas mais grave do mundo globalizado. Se não sabemos ainda, boa parte dos presos que cometem delitos podem voltar para convívio social ainda mais delinquentes. Pois as políticas de ressocialização não conseguem chegar a tempo pela superlotação em maioria dos presídios, é como defende o presidente do Conselho Penitenciário do Estado do Ceará e advogado, Cláudio Justa, em entrevista, hoje 28/05 ao jornalista Adriano Ribeiro – rádio Dom Bosco, no programa Ação Dom Bosco que vai ao ar todos os sábados, a partir das 08:00 da manhã.

populacao-carceraria-web.arte uol-notícias

Gráfico sobre população Brasileira e mundo; Brasil é o 4º, estado do Ceará o sétimo. Arte Uol

O Brasil tem a quarta maior população carcerária do mundo, segundo dados divulgados pelo Ministério da Justiça referentes ao primeiro semestre de 2014. Em números absolutos, o Brasil alcançou a marca de 607.700 presos, atrás apenas da Rússia (673.800), China (1,6 milhão) e Estados Unidos (2,2 milhões). Quando se compara o número de presos com o total da população, o Brasil também está em quarto lugar, atrás da Tailândia (3º), Rússia (2º) e Estados Unidos (1º). Segundo o ministério, se a taxa de prisões continuar no mesmo ritmo, um em cada 10 brasileiros estará atrás das grades em 2075. Os dados referentes à população carcerária dos outros países foram compilados pelo ICPS (Centro Internacional para Estudos Prisionais, na sigla em inglês), apontados na reportagem do portal de notícias Uol Notícias.

De acordo com o relatório divulgado agora, entre 2004 e 2014, a população carcerária brasileira aumentou 80% em números absolutos, saindo de 336.400 presos para 607.700. Quando o número de presos é dividido pela população, índice conhecido como “taxa de encarceramento”, o crescimento do número de presos por grupo de 100 mil habitantes entre 2004 e 2014 aumentou 61,8%. Em 2004, o Brasil tinha 185,2 presos para cada grupo de 100 mil habitantes. Em 2014, segundo o Infopen, o país tinha 299,7 presos para cada grupo de 100 mil habitantes.

Em números absolutos, os Estados com a maior população carcerária são: São Paulo (219.053), Minas Gerais (61.286) e Rio de Janeiro (31.510). Os Estados com a menor população carcerária são Piauí (3.224), Amapá (2.654) e Roraima(1.610).

Quando os dados são comparados com a população dos respectivos Estados (taxa de encarceramento), o ranking é liderado por Mato Grosso do Sul (568,9/100 mil),São Paulo (497,4/100 mil) e Distrito Federal (496,8/100 mil). Os Estados com a menor taxa de encarceramento são Bahia (101,8/100 mil), Piauí (100,9/100 mil) e Maranhão (89/100 mil). O Ceará aparece em sétimo com 21.789 presos, segundo um relatório divulgado pelo INFOPEN do Departamento Penitenciário Nacional do Ministério da Justiça.

Vendo essa grave crise no Sistema Penitenciário do Ceará, reflexo da falta de uma sociedade que faça pelo menos a sua parte, independentemente de governos, vale salientar que não podemos cobrar tanto dos governantes e continuar jogando lixo nas ruas. Votando por favores ou benefícios, furar a fila no terminal de ônibus e ainda não saber procurar os direitos quando falta médicos nos hospitais, mesmo sabendo que todos os impostos arrecadados servem pra manutenção dos centros de saúde. Botar filho no mundo pra receber bolsa família e depois abandonar. E ainda permitir ser escravizado pelas grande indústrias, mesmo sabendo dos direitos e benefícios do trabalhador. Depois de outras acomodações e direitos negados,maior parte da população continua votando no vereador ou qualquer político que aparece de 4 em quatro anos para pedir votos.

Sendo assim, enquanto ignorarmos Paulo Freire, Machado de Assis (1839-1908)William Shakespeare, Carlos Drummond de Andrade (1902-1987), Graciliano Ramos (1892-1953), Castro Alves (1847-1891),Euclides de Cunha (1866-1909), Raquel de Queiroz (O Quinze 1932) e tantos outros escritores de renome internacional, asarmos a religião ou a política para dividir as pessoas, nossa população carcerária continuará crescendo. Por fim, que saibamos colocar nossas críticas as adversidades e aos governos corruptos. Cuidemos das crianças para não prender os adultos no amanhã…

Greve dos Agentes Penitenciários e rebeliões agrava situação no Ceará

Pais e alunos protestam por merenda e contra fechamento de escolas no Ceará; 49 unidades ocupadas

Museu e preservação sobre campos de concentração no Ceará volta ao debate

Igreja Adventista e desbravadores entregam 700 livros no centro de Senador Pompeu

MPCE abre inscrições para estagiários

VÍDEO: Corpus Christi é celebrado com procissão em Senador Pompeu

Imobiliaária B.Holanda. O sonho a casa própria

Realize o sonho da casa própria com B.Holanda. Acesse www.bholanda.com.br e veja todas as facilidades!

Comentários no Facebook

Site last updated 26/07/2017 @ 15:09; This content last updated 28/05/2016 @ 13:27


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/corre075/public_html/wp-content/plugins/push-response/pushresponse.php on line 82